Durante os dias 17 e 18 de fevereiro, o Balneário Pinhal foi palco da primeira etapa da Liga Rio-Grandense de Surf, a “Taça Planeta Surf LRS 2018” – em memória a Laudyr José.

Entre os destaques que arrepiaram nas valas regulares de até meio metro, condição que predominou durante o final de semana, citamos o invicto Ferpa Becker, campeão Mirim, o professor Beto Diehl, que faturou a Longboard aos 49 anos de idade, e os incansáveis legends  Humberto Rocha, Felipe Martins e Ki Fornari. Para conferir todos os resultados, clique aqui!

E na principal categoria do evento, a Open, o título ficou com o talentoso surfista peruano Mauel Roncalla, que mora há pouco mais de dois anos no estado e se tornou o primeiro atleta do Peru a vencer uma etapa do circuito gaúcho.

Captura de Tela 2018-02-22 às 15.05.13Após a vitória, conversamos com o Roncalla para saber como foi a conquista e como anda a vida pelo sul do Brasil.

(Pampa Barrels) Como foi vencer sua primeira etapa no Circuito Gaúcho?

(Roncalla) Não foi nada fácil, pois aqui no Litoral do Rio Grande do Sul tem surfistas de alto nível. As condições do mar não foram as melhores, mas na final consegui fazer uma nota boa na minha primeira onda, e na metade da bateria peguei uma segunda boa nota que me garantiu o primeiro lugar. Foi demais começar o ano ganhando a primeira etapa!

Fale sobre o nível do surf por aqui. Quem te inspira e te da gosto de ver surfar?

Alto nível de Surf, aqui no RS tem atletas com muito potencial, só que é difícil pra eles competirem fora daqui (RS) nos Brasileiros Pro e QS, porque não tem apoio suficiente das empresas. Se não, sem dúvidas já teriam vários surfistas daqui representando lá fora, pois nível de surf não falta! Um surfista que admiro muito pela sua trajetória, humildade e surfe de linha impecável é Rodrigo “Pedra” Dornelles!

Agora líder do ranking, suponho que irá com tudo pras próximas etapas. Pretende ser o primeiro peruano campeão gaúcho?

Sem dúvida começar com pé direito no circuito gaúcho 2018 está sendo muito empolgante! O foco é treinar muito pra chegar 100% física e mentalmente na próxima etapa. Meu principal objetivo pra este ano é ser campeão gaúcho e tentar competir nos campeonatos Pro/Am também! O intuito é entrar no ritmo das competições e melhorar cada vez mais.

Roncalla 2.
O Peruano tirou leite de pedra no Pinhal. Foto Luciano Sombrio / Torrica Photo Surf Club

E como está a vida por aqui?

É aquela rotina que não cansa, sabe! Morar na Praia não tem igual, surfar todos os dias é um presente da vida, compartilhando essa vibe com pessoas que amam o surf também.
Gosto muito do povo brasileiro, povo alegre, amo morar aqui no Brasil!

Deixe um recado pra turma que admira seu surf.

Obrigado a toda essa galera do surfe que sempre manda essa energia boa e torce por mim! Só tenho a agradecer pela excelente recepção e o carinho. Boas ondas e grande abraço a todos!!

Roncala 3
Botando pressão durante a bateria final. Foto Luciano Sombrio / Torrica Photo Surf Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *