Alguma coisa está muito errada por aqui!

Absurdo no RS

Como assim não podemos surfar com segurança em frente as nossas casas?
Como pode uma lei, incentivar uma pesca ultrapassada e predatória, que já matou muita gente boa, arrancando um pedaço do coração de tantas famílias e deixando de gerar tantos novos surfistas por aí…

Deve dar um nó na garganta de qualquer pai, saber que o filho pode estar no mar e, além dos perigos habituais, existem redes de pesca que matam e já mataram vários surfistas no estado.
As redes podem até estar em “áreas de pesca”, o que para nós é ilegal perante a leis da natureza, mas, como acontece muito, elas podem se soltar com alguma corrente mais forte, virando uma armadilha para qualquer um que esteja em seu caminho.

De maneira nenhuma o Pampa Barrels é contra a profissão dos pescadores do litoral norte do Rio Grande do Sul, e muito menos a pesca, pois todos gostamos daquela Tainha bem assada, com limão e sal, também soubemos que todos tem família para sustentar e contas para pagar.
PORÉM, gostariamos que o trabalho de todos os pescadores fosse realmente profissionalizado, e a pesca com calões extinta, pois uma TRADIÇÂO jamais pode significar RISCO DE VIDA para a sociedade.

ACREDITAMOS, que o mar é um bem do povo, criado por Deus, então um bem maior, e que jamais uma lei poderia impedir uma pessoa de acessar este lugar com o mínimo de segurança.

Mais quantas vidas e surfistas vamos perder para o Governo do Estado começar a defender seu povo? Vidas estão sendo perdidas, famílias que pagam o IPTU todo ano, o mesmo que paga o salário dos pescadores, convivem com uma dor incurável no peito, de um filho que foi surfar e nunca mais voltou.

Nos ajudem, a próxima vítima pode ser um filho teu!

*este texto é de total responsabilidade do autor, surfista gaúcho, que já se prendeu em cordas de redes e, por sorte, sobreviveu para contar a história.

att
Thiago Rausch

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *